segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Comunicado aos eleitores da 31ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Janduís e Triunfo Potiguar

O Cartório Eleitoral informa que está prevista realização da revisão biométrica nos 03 (três) municípios que compõem a 31ª Zona para os meses de Novembro e Dezembro, cada cidade com seu calendário próprio que segue abaixo.

Neste período, haverá um reforço de servidores e computadores para um melhor atendimento ao público, tendo como meta revisar com coleta de dados biométricos todos os eleitores da zona.
Porém, até o início dos trabalhos da revisão o Cartório só entrega 20 fichas de atendimento diário porque além deste trabalho é responsável por outras atividades afetas à competência da Justiça Eleitoral. 

Portanto, solicitamos aos eleitores que, não havendo urgência, deixem para revisar o título somente no período próprio, visto que as pessoas estão madrugando no Cartório Eleitoral DESNECESSARIAMENTE, uma vez que no período revisional funcionará nos moldes de um mutirão para atender da melhor maneira possível toda população em termos de conforto e tempo de espera.

Calendário da Revisão

Campo Grande - Fórum Municipal
De 17/11/2017 a 16/12/2017 

Janduís
De 18/11/2017 a 1º/12/2017

Triunfo Potiguar
De 06/12/2017 a 16/12/2017

Horário:
Segunda - 9:00 às 16:00
Terça a Sexta - 8:00 às 16:00
Sábado - 8:00 às 14:00

Atenciosamente,
Lígia Bento de Moisés
Chefe de Cartório
FONTE: CG NA MÍDIA 

domingo, 22 de outubro de 2017

TEXTO EMOCIONANTE DA JOVEM QUE PERDEU O NOIVO HORAS ANTES DO CASAMENTO NA CIDADE DE BARAÚNA-RN


Reprodução/Facebook
Uma tragédia abreviou a história de amor que vinha sendo construída por Carlos Adriel Mendes da Silva,e a jovem Paloma Ismaelly que vem comovendo muitas pessoas nas Redes Sociais.
O sonho foi interrompido de forma trágica,horas antes da realização do casamento que seria realizado a cerimônia religiosa na Igreja Assembleia de Deus,após um acidente na noite de ontem 21/10 envolvendo carro e moto na cidade de Baraúna que fica localizada na região oeste do Rio Grande do Norte. Fonte: Passando na Hora 

A Jovem publicou um texto emocionante leia abaixo.

Acordar e perceber que não é só um pesadelo tá sendo uma das piores sensações que já senti. Eu sempre achei que essas coisas só pudessem acontecer em filmes daqueles que todos odeiam o final. Deus sabe o quanto sonhamos com o nosso casamento, foram incontáveis dias de ansiedade, nervosismo e preparação pra esse dia que seria o mais feliz das nossas vidas, mas infelizmente o sonho foi interrompido,interrompido e não acabado porque eu sei que um dia eu te verei novamente, te abraçarei forte como fazíamos todos os dias e vou dar aquela brigadinha de leve por ter me deixado te esperando quando deveria ter sido o contrário, a noiva é a única que pode atrasar, lembra?! Obrigada meu amor, obrigada por ter me permitido te conhecer, por ter feito da minha família a sua também, por fazer de mim a sua melhor amiga e por ter me mostrado que você me amou durante cada segundo da sua vida.
Eu não tive a oportunidade de ser conhecida como sua esposa diante dos homens, mais nós dois sabíamos que nossa relação ia bem além de qualquer status, nós já éramos casados pelo nosso amor, pela nossa cumplicidade que sempre foi imensa. 
Eu me conformo em saber que nós vivemos intensamente cada momento, nosso amor foi vivido todos os dias por nós dois da forma mais linda possível e eu vou continuar sentindo ele aqui todos os dias ! Eu te amo meu primeiro amor, dono do meu primeiro beijo ,o protagonista da minha história de amor preferida! Estarei te esperando pra realizarmos nosso sonho, até breve meu noivo lindo ❤ Te amo daqui até o céu.

Texto/Reprodução

Meus pêsames aos familiares e amigos neste momento tão difícil.
    


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Grupo de Jovens da Igreja Católica Sagrado Coração de Jesus promove Campanha Natal Solidário


Quando o Natal se aproxima, o espírito solidário costuma se revigorar. A data sensibiliza as pessoas criando um cenário que deveria existir durando o ano inteiro, principalmente para aqueles que querem deixar os festejos natalinos mais felizes para outros.
A CAMPANHA NATAL Solidário, que promovemos través de parcerias com vários grupos da igreja do Sagrado Coração de Jesus, essa campanha tem sido uma das melhores alternativas para ajudar a quem mais precisa.
A ideia da campanha é promover um pouco mais de assistência aos menos favorecidos, através de arrecadação de alimentos. É impossível chegar a uma data como essa sem olhar ao nosso redor e refletir sobre o nosso irmão, é impossível fechar os nossos olhos para a dor de tantos, que nem sabe o verdadeiro sentido natalino.
O sucesso desta campanha depende do coração solidário de casa um. PEQUENOS GESTOS GERAM GRANDES TRANSFORMAÇÕES, que tal fazer algo diferente este ano? Doe alimentos, só a solidariedade resgata para nós a grandeza e a dignidade com que o criador nos fez.
LOCAIS DE ARRECADAÇÃO: Igreja do Sagrado Coração de Jesus ou falar com os coordenadores do Grupo de Jovens.

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Protesto FORA TEMER na esquina do Colégio Estadual Juscelino Kubitscheck em Assu




Manifestantes protestaram contra o governo Temer na Avenida Senador João Câmara em Assu, mais precisamente na esquina do Colégio Estadual Juscelino Kubitscheck

Segundo relatos, outros atos semelhantes podem ser realizados nos próximos dias. "A greve geral é pauta por centrais sindicais de todo o Brasil. A movimentação de hoje é apenas um esquenta. Apenas a retirada de todas as pautas danosas à classe trabalhadora é que vão nos fazer recuar", falou um dos manifestantes.

O muro da escola está sendo pichado com palavras de FORA TEMER, EDUCAÇÃO EM RISCO e outros. 


Fonte: Focoelho 

Universitários ocupam prédio da UERN em Assu/RN


Estudantes ocuparam o prédio da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão em Assú. No início desta quinta-feira (10/11) às 23hs. 
 
De acordo com o movimento estudantil da UERN, eles protestam contra o retrocesso social do Governo Temer e a privatização da UERN proposta pelo Desembargador do Tribunal de Contas do RN, protestam contra a reorganização escolar proposta, e contra a PEC 55 que tramita no Senado e estabelece um teto para os gastos públicos. A medida, no entanto, não é aceita pelos estudantes.





 

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

CARTA ABERTA ao presidente do Tribunal de Justiça do RN, Cláudio Santos

Professora do Departamento de História do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão - Assu

Caro senhor Cláudio Santos
Sua fala em defesa da PRIVATIZAÇÃO de uma UNIVERSIDADE PÚBLICA que presta relevantes serviços ao desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Norte como a #UERN só me pode fazer crer que se trata, primeiramente de um preconceito de classe, pois a UERN forma filhos e filhas da classe trabalhadora do RN. Mas não é qualquer classe trabalhadora, é notadamente, àquela que vive no interior do Estado, no seu sertão, no semi-árido do alto Oeste, do Seridó, do vale do Assu, que não mora em Natal nem desfruta das benesses do capital na via costeira ou na zona sul de Natal. E é aí que se inscreve a segunda dimensão do preconceito: o geográfico. Muitos de nós professores/as e alunos/as da UERN somos filhos e filhas de operários/as e trabalhadores/as do campo, uma parcela da população em função da qual a grande mídia desse país e deste estado não sai em defesa. E quando o senhor, na condição de presidente do Tribunal de Justiça do RN, em entrevista, aponta a privatização da UERN como uma forma de reestruturar as finanças do Estado, fica claro que fala a partir do seu lugar social, colocando-se como representante de uma visão elitista da educação, a partir da qual estuda quem pode pagar e o custo de um curso de graduação não se resume ao valor de uma mensalidade. Certamente que o senhor pode pagar esse custo para seus filhos ou filhas, mas infelizmente meus alunos e alunas não tiveram a sorte de nascerem filhos/as de juízes desembargadores. E diferentemente do senhor que tem salário bruto acima de 40 mil reais por mês, a imensa maioria da população de nosso Estado é pobre, e negar-lhe a UERN é reforçar o abismo da desigualdade social no RN. Como professora, o convido a conhecer nossos/as alunos/as e suas histórias de vida. Venha a Assu, onde sou professora, vamos conversar com as pessoas, vá a Patu, Pau dos Ferros, Caicó, converse com a população da Zona Norte de Natal, pois é, a zona norte também faz parte da cidade e do Estado.
O Brasil e o Rio Grande do Norte precisam avançar na defesa e promoção da educação pública, gratuita e de qualidade, e nenhum cidadão ou cidadã bem intencionado pode defender o fechamento de instituições de ensino. Precisamos defender, trabalhar e lutar pela ampliação da quantidade e da qualidade destas instituições. 
Por último, gostaria de lembrar-lhe, caro desembargador, existe um mundo e um Rio Grande do Norte para além das paredes luxuosas e cheias de obra de arte dos tribunais, existe um RN que viaja de pau de arara, pega carona, come poeira, mas não deixa de ir para aula na UERN, é por esta parcela grandessíssima da população do Estado que sugiro que o senhor possa reavaliar seu ponto de vista e retratar-se com a população do Rio Grande do Norte. É por ela também que sigo minha luta cotidiana pela UERN e pelo direito de meus alunos e alunas terem uma formação de qualidade com desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão, mesmo sem tantos auxílios no meu salário entrego minha vida à minha profissão, pois julgo que através dela estarei semeando um mundo novo. 
Paz e bem.
Andreza de Oliveira Andrade
Professora do Departamento de História do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão - Assu

Divulgue sua marca no (CDCOL)


Em dias de crise econômica devemos baratear e manter a qualidade dos nossos investimentos e a melhor maneira de fazer isso hoje, é divulgar seu negócio na internet, por isso criamos a “Companhia de Divulgação Online” (CDCOL). Contato: 99620 6459 e Fale com Edrian Tavares